Em plena pandemia, cerca de três mil pescadores potiguares ainda não receberam o seguro defeso

por Oceânica

24/04/2020

Conservação

0 comments

* Por Kamila Tuênia, Portal Saiba mais

Uma desaceleração global do setor de pesca comercial e artesanal acontece devido ao novo Coronavírus. Com demanda de compra quase zerada e a impossibilidade de realizar atividades pesqueiras para cumprir o isolamento social, pescadores potiguares estão pedindo ajuda na arrecadação de mantimentos para suas famílias.

Aproximadamente três mil beneficiários ainda não receberam do Governo Federal o seguro defesa, pois o INSS não avaliou as solicitações em tempo hábil. A maior parte das colônias e federação da pesca do RN estão fechadas para a preservação da saúde das diretorias e associados. Até então, as colônias não receberam qualquer orientação de como suprir as necessidades básicas das famílias da pesca artesanal.

Leia mais no Portal Saiba Mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.